Walter Tournier

Festival Nordestino de Animação, Game e Web
Walter Tournier

Belo Horizonte/MG
Ano de Produção 2020
Duração 11 Min

Verificar classificação indicativa da sessão

Um retrato do maior cineasta da animação da América Latina.

Direção Sávio Leite Produção Leite Filmes Roteiro Sávio Leite Direção de arte Sávio Leite Animação Clécius Rodrigues Música Walter Tournier Som Walter Tournier

Sávio Leite

Sávio Leite (Brasil, 1971) Estudou Comunicação e é Mestre em Artes Visuais pela UFMG. É diretor de curtas-metragens, professor de cinema de animação no Centro Universitário UNA e coordenador de workshops de vídeo e imagem, tendo colaborado ainda em vários projetos cinematográficos. Seus trabalhos foram apresentados e premiados em importantes festivais ao redor do mundo. Nominado quatro vezes ao Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e vencedor do Melhor Curta Metragem em animação desse prêmio em 2018. Foi júri em festivais na Finlândia, Chile, Colômbia, Equador, Peru e Armênia e em diversos outros no Brasil. É curador junto ao grupo de teatro Oficina Multimédia da mostra de Cinema: cultura, arte e poder realizada há oito anos e que integra a programação do Verão Arte Contemporânea de Belo Horizonte. Fundador e um dos diretores do TIMELINE – Festival Internacional de Video Arte de Belo Horizonte.Fundador e um dos diretores da Múmia – Mostra Udigrudi Mundial de Animação. Organizador dos livros: Subversivos: o desenvolvimento do cinema de animação em Minas Gerais, 2013; Maldita Animação Brasileira, 2015; Diversidade na animação brasieira, 2018. Em 2017 lançou a coletânea MUMIA de Animações Mineiras em comemoração ao centenário da animação brasileira. Em 2018 Traduziu e publicou o livro Jorge Sanjinés e Grupo Ukamau – Teoria e prática de um cinema junto ao povo e publicou o livro Diversidade na Animação brasileira. Filmografia: Mirmidões (2001), Marte (2003), Plutão (2004), O Vento (2004), É proibido jogar futebol no adro dessa igreja (2004), Aeroporto (2005), Eu sou como o polvo (2006), Mercurio(2007), Terra (2008), Kombucha (2009), Nego (2010), Space Dust (2011), Macacos me mordam (2012), Tejo/tedio (2013), Saturno(2014), Marcatti (2015), Arrudas (2015), Desarquivando o Brasil (2016), Vênus – Filó a fadinha lésbica (2017).

Direção